Destaques:


Acompanha-nos no facebook: www.facebook.com/clubejpp

segunda-feira, 24 de março de 2008

Rosto Amargo

Rosto Amargo - João Pedro Pais

À luz da candeia
Velhos a conversar
Falam de tudo
Até ela apagar
Chove intensamente
Começo a sentir
Bate levemente
É pedra a cair
Refrão:2x
Um manto branco, estende-se no chão
Sinto no corpo, a lentidão
O Rosto Amargo faz-nos sofrer
Escolho o caminho, querer é poder
Quando me encontro
Avivo memórias
Gostava de ser
Um contador de histórias

Sem comentários: