Destaques:


Acompanha-nos no facebook: www.facebook.com/clubejpp

domingo, 11 de janeiro de 2009

Programas de música lançam poucas carreiras!


«'Chuva de Estrelas', 'Ídolos' e 'Operação Triunfo' foram os formatos que deram algumas estrelas musicais, que ainda hoje são admiradas e ouvidas pelo público. Manuel Moura dos Santos, antigo jurado de um desses programas, afirma que quem tem verdadeiro talento não precisa da TV.

Sara Tavares, João Pedro Pais e Luciana Abreu são as excepções à regra. Muitas centenas de concorrentes a cantores ficaram pelo caminho no sonho de se tornarem vedetas da canção nacional, apesar de terem participado em programas de talentos musicais que lhes deram visibilidade.

Chuva de Estrelas
, Ídolos e Operação Triunfo foram os principais programas que proporcionaram carreiras de sucesso e notoriedade. Do primeiro Chuva, em 1994 e apresentado por Catarina Furtado, surgiu Sara Tavares. A agora cantora de world music interpretou One Moment in Time, de Whitney Houston, no programa que a lançou para a fama. O mesmo se passou depois com João Pedro Pais com Ao Passar Um Navio, dos Delfins. Hoje, o cantor tem seis discos editados. O caso de Luciana Abreu é diferente, apesar de igualmente bem-sucedido. A apresentadora e cantora nasceu para as luzes da ribalta em Ídolos, também da SIC, onde ficou conhecida como "Borboleta". Depois passou pela telenovela infantil Floribella, onde era a actriz principal, e agora apresenta um programa para crianças: Lucy.

Tanto no caso de
João Pedro Pais como no de Luciana Abreu, nenhum venceu os concursos musicais em que participaram. E há mais casos de verdadeiro sucesso na carreira musical? "Não, de facto esses programas não têm criado carreiras sólidas na área da música", disse Manuel Moura dos Santos ao DN. "A verdade é que quem tem verdadeiro talento não precisa da televisão", disse ainda o empresário de vários artistas em Portugal e que foi jurado no programa Ídolos, da SIC.

Mas se aqueles três nomes são os que conseguiram maior projecção, outros há que têm trabalhado na área da música com relativo sucesso. São os casos de Nuno Norte, que foi vocalista do Filarmónica Gil, e de Sérgio Lucas, que canta no programa
Fátima (ambos vindos do Ídolos). Já Ricardo Soler, que está a participar no musical West Side Story, Rui Drummond, que faz vários coros em programas da RTP, Filipe Gonçalves, que canta e é repórter no Só Visto! e Vânia Fernandes, que foi ao Eurofestival da Canção, surgiram nas várias edições da Operação Triunfo, na RTP1.»

Fonte: Diário de Noticias

Apesar do JPP ter sido lançado para a ribalta da música pela via do programa musical "Chuva de Estrelas", o Clube Fãs realça que tem talento é outra classe.

Video da participação de JPP no "Chuva de Estrelas".

2 comentários:

Ana disse...

O João Pedro Pais e a Sara Tavares são um caso raro de sucesso como foi dito em cima porque depois do "Chuva de Estrelas" não ficaram de braços cruzados. Continuaram a trabalhar, a compor as suas músicas e a exigir sempre mais de si próprios.
Todos temos noção que lutaram muito pelo que queriam e conseguiram devido á sua persistência e ao trabalho desenvolvido depois do programa.

Gostei muito do video da participação do JPP no programa, grande voz que ele já tinha

Cesar Peixoto21 disse...

ohhhhhh eu nao consigo ver o video :(:( n sabem me dizer o k se passa